Menu Principal

Início
Agenda
Estudos
Grupos de Visitação
Nossos Pastores
Livro de Visitas
Galeria de Fotos
Videos
Pregações em Áudio
Procurar
Links
Contato
Dowloads

Informativos

Cadastre seu e-mail para receber os nossos informativos.







PDF Imprimir E-mail

Grupos de Visitação

 

Somos uma igreja família, onde expressamos o amor de Cristo através de nosso exemplo e serviço, onde famílias são alcançadas e valorizadas pela Palavra e pelo Sangue de Jesus, e cremos que uma família equilibrada e abençoada, refletirá em uma igreja equilibrada e abençoada, e praticamos esta visão através de Grupos de Visitação, onde podemos colocar em prática nossa vida cristã, influenciando e alcançando o máximo de pessoas que estiverem ao nosso lado.

 

 

O "Grupo de Visitação" é uma ferramenta de trabalho para nossa igreja local , tendo fundamento bíblico e há alguns textos onde se fala a respeito desta prática, por exemplo :
Atos 2:46 E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,

 

“ todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar, e de pregar a Jesus, o Cristo. ”

Esta visão não tem como fundamento alguns dos discípulos ou apóstolos, mas o próprio Discipulador, o Mestre.
* Jesus Cristo é o nosso modelo de Vida* Jesus Cristo tem em si mesmo e em seus Atos , tudo aquilo que um grupo precisa de referência. * Jesus Cristo era o modelo que gerava frutos.

 

 

Observemos o seguinte comportamento de Jesus :

 
 

1 - Visitou e ministrou nas casas dos discípulos. Curou a sogra de Pedro e depois, muitos outros ( Mc 1:29 – 34 ); jantou com Levi e outros “pecadores ” ( Mc 2 :15 )
2 - Ensinou e fez milagres nas casas. Estava ensinando quando curou o paralítico, provavelmente na casa de Pedro ( Mc 2: 1-12 ). Em outras casas o encontramos ensinando ( Mc 3: 20-34 ), ressuscitando os mortos ( Mc 5 : 38-43 ), ministrando libertação ( Mc 7 : 24-30 ) e sendo ungido com bálsamo por uma mulher ( Mc 14 : 3-9 )
3 - Compartilhou instrução especial com os discípulos em casa, muitas vezes aguardando até chegar a esse ambiente aconchegante para fazer isso ( Mc 7 : 17; 9:28 ; 9:33-37 ; 10:10-12 ; 14: 17-25 ; 16: 14-18 ).
4 - Ele instruiu pessoas curadas, muitas vezes indicando que sua nova vida deveria começar em casa. Após ter liberto o endemoninhado gesareno, Jesus ordenou: “ Vai para tua casa, para os teus. Anuncia-lhes tudo o que o Senhor te fez e como teve compaixão de ti. ( Mc 5:19 ). De forma parecida ele mandou o cego de Betsaida ir “ embora para casa, recomendando-lhe : Não entres na aldeia ” ( Mc 8:26 ). Mais tarde Ele tornou a casa de um leproso num centro de ensino ( Mc 14:3 ).
Jesus também ensinou e ministrou na casa de fariseus ( Lc 7:36-50 ); ( 14:1-14 ), pecadores ( Lc 15:1-31 ; 19:5-10 ) e repetidas vezes na casa de gente muito amada como Marta, Maria e Lázaro.
5 - Jesus não só ministrou nas casas, como também mandou os discípulos fazerem omesmo, dando instruções para ministrarem nos Lares. ( Mt 10:12-14 ) os doze ; ( Lc 10:5-8 ) os setenta.

 

“ O discípulo houve a voz de seu mestre e a coloca em prática ” .

 
< Anterior